cancel

 
 Um projeto em genômica/transcriptômica do Instituo de Ciências Biomédicas (ICB) da UFRJ, que estuda a a identificação de novos virus, infecção viral em insetos e consequente resposta imune por mecanismos de RNAi, através da análise de dados de RNA-Seq e smallRNA-Seq, está em busca de alunos de iniciação científica, mestrado ou doutorado. Neste estudo os alunos também estarão envolvidos em outros projetos em colaboração com grupos do Max Planck Institute de Freiburg, na Alemanha.
 
Os requisitos? Conhecimentos básicos em terminal Bash (Linux), programação (Python ou R) e muita motivação para aprender..! ICs, mestrandos e doutorandos interessados em se juntar ao projeto devem entrar em contato com o Prof. Attilio Pane, através do email: apane@icb.ufrj.br
 
 Acesse aqui a chamada oficial para a vaga. 
 
 

 

 

Após dois anos sem poder realizar reuniões presenciais devido à pandemia do Covid-19, o Encontro Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular (SBBq) que é reallizado em conjunto com o Congresso da Sociedade Brasileira de Biofísica (SBBf) já tem data marcada para acontecer.  O 46º Congresso da SBBf  & 51º Encontro Anual da SBBq será realizado de  5 a 8 de setembro de 2022, no Centro de Convenções do Majestic Hotel, em Águas de Lindóia (SP). 

Os encontros anuais organizados pela SBBf e SBBq estão entre os eventos mais tradicionais da comunidade científica brasileira e há mais de quatro décadas são um fórum de discussões científicas que contribuem para o avanço do conhecimento fundamental sobre fenômenos bioquímicos e biofísicos e suas aplicações. Além disso, os debates sobre política científica e educação científica influenciaram as políticas públicas ao longo do tempo.

O comitê organizador conjunto preparou um programa interdisciplinar empolgante composto por 8 palestras plenárias e 24 simpósios com cientistas nacionais e internacionais de classe mundial que mostrarão os avanços mais recentes e os desafios atuais em uma ampla gama de tópicos de pesquisa em Biofísica, Bioquímica, Fisiologia e Biologia molecular.

Para saber mais, acesse o site oficial do evento: https://www2.sbbq.org.br/reuniao/2022

Confira neste link os principais destaques da programaçāo:https://www2.sbbq.org.br/reuniao/2022/palestrantes.html 

Clique aqui para fazer sua inscrição: https://www2.sbbq.org.br/reuniao/2022/inscricao2022.html

A Universidade de Maryland, em Baltimore (EUA), está recrutando um pós-doutorando ou pesquisador associado com experiência em biologia computacional para estudar as interações moleculares entre o carrapato Ixodes scapularis, patógenos humanos (por exemplo, Borrelia burgdorferi e Anaplasma phagocytophilum) e o hospedeiro mamífero. Acesse a Chamada Oficial para a vaga.

Esta posição de pós-doutorado será uma mentoria conjunta entre os laboratórios Pedra e Serre, localizados no Departamento de Microbiologia e Imunologia, do Instituto de Ciências do Genoma da Faculdade de Medicina da Universidade de Maryland. O Laboratório Pedra (https://pedralab.com)  integra as disciplinas de microbiologia, imunologia e entomologia para examinar doenças transmitidas por carrapatos. O laboratório Serre (https://www.igs.umaryland.edu/labs/serre/) está interessado principalmente na pesquisa da malária e do Plasmodium vivax com foco em abordagens genômicas.

O candidato à vaga irá melhorar/otimizar a anotação do genoma de Ixodes scapularis e possibilitar a análise de conjuntos de dados multiômicos. Irá também analisar grandes conjuntos de dados de artrópodes e mamíferos com a intenção de estudar doenças humanas. Para concorrer à posição é necessário doutorado em bioinformática/ciência da computação ou ciências da vida com foco em bioinformática. As áreas de pesquisa podem ser tão diversas quanto RNA-Seq, scRNA-Seq, metabolômica, proteômica, ChIP-Seq, quimioinformática e informática estrutural.

É esperado que o candidato selecionado complemente e tenha sinergia com os atuais projetos de pesquisa disponíveis em ambos os laboratórios e também  estabeleça o seu próprio programa de pesquisa independente. Não é necessária experiência prévia em doenças transmitidas por vetores.

Para se candidatar é necessário enviar um CV (3 páginas ou menos), uma carta resumindo interesses de pesquisa, experiência e objetivos (1 página ou menos), e os nomes e números de telefone/e-mail de três referências para: Dr. Joe Pedra, Ph.D., Professor Associado, E-mail: jpedra@som.umaryland.edu (pedralab.com); Twitter: @ThePedraLab

 

 

 

 

O Grupo de Pesquisa em Plasmodium e Vetores do Laboratório de Ultraestrutura Celular Hertha Meyer, localizado no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) possui uma bolsa de pós-doutorado FAPERJ disponível e está em busca de um pesquisador para trabalhar em um projeto que  visa o estudo do imunometabolismo de insetos vetores.  

O candidato à bolsa pós-doc deverá possuir experiência em ao menos uma das áreas de atuação do projeto:

- Imunidade de vetores e/ou infecção viral; - Técnicas de biologia molecular e/ou manipulação de plasmídeos;

- Análise de RNA-Seq e/ou dados de biologia de sistemas;

- Microscopia eletrônica e/ou biologia celular.

 

    Os interessados podem manifestar interesse preechendo o google forms ou enviando email para  o Dr.Fabio Gomes (fabiomg@biof.ufrj.br)

    Baixe aqui o cartaz com a divulgação da vaga.

A Universidade de Maryland, em Baltimore (EUA), está recrutando um pós-doutorando ou pesquisador associado com experiência em biologia computacional para estudar as interações moleculares entre o carrapato Ixodes scapularis, patógenos humanos (por exemplo, Borrelia burgdorferi e Anaplasma phagocytophilum) e o hospedeiro mamífero. Acesse a Chamada Oficial para a vaga.

Esta posição de pós-doutorado será uma mentoria conjunta entre os laboratórios Pedra e Serre, localizados no Departamento de Microbiologia e Imunologia, do Instituto de Ciências do Genoma da Faculdade de Medicina da Universidade de Maryland. O Laboratório Pedra (https://pedralab.com)  integra as disciplinas de microbiologia, imunologia e entomologia para examinar doenças transmitidas por carrapatos. O laboratório Serre (https://www.igs.umaryland.edu/labs/serre/) está interessado principalmente na pesquisa da malária e do Plasmodium vivax com foco em abordagens genômicas.

O candidato à vaga irá melhorar/otimizar a anotação do genoma de Ixodes scapularis e possibilitar a análise de conjuntos de dados multiômicos. Irá também analisar grandes conjuntos de dados de artrópodes e mamíferos com a intenção de estudar doenças humanas. Para concorrer à posição é necessário doutorado em bioinformática/ciência da computação ou ciências da vida com foco em bioinformática. As áreas de pesquisa podem ser tão diversas quanto RNA-Seq, scRNA-Seq, metabolômica, proteômica, ChIP-Seq, quimioinformática e informática estrutural.

É esperado que o candidato selecionado complemente e tenha sinergia com os atuais projetos de pesquisa disponíveis em ambos os laboratórios e também  estabeleça o seu próprio programa de pesquisa independente. Não é necessária experiência prévia em doenças transmitidas por vetores.

Para se candidatar é necessário enviar um CV (3 páginas ou menos), uma carta resumindo interesses de pesquisa, experiência e objetivos (1 página ou menos), e os nomes e números de telefone/e-mail de três referências para: Dr. Joe Pedra, Ph.D., Professor Associado, E-mail: jpedra@som.umaryland.edu (pedralab.com); Twitter: @ThePedraLab

Topo